Para evitar disseminação da Covid-19 em Goiás, ponto facultativo para servidores estaduais durante o carnaval deste ano é cancelado

Goiás / 579

Alguns municípios deixaram para discutir o assunto nesta primeira semana de fevereiro

A tradição das cidades goianas de festejar o carnaval vai ter que esperar o fim da pandemia do coronavírus. Ano passado a população ainda se divertia sem saber o perigo que corria com a circulação do novo vírus, mas, em 2021 a história é diferente e vem na companhia de decretos e medidas restritivas em todo Estado.

Na última sexta-feira, 29, o governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou o cancelamento do ponto facultativo para servidores estaduais durante o carnaval deste ano. O objetivo é que sem o feriado prolongado previsto para 15 e 16 de fevereiro, haja menor aglomeração principalmente nas cidades turísticas.

Pirenópolis

A prefeitura municipal divulgou nota oficial de cancelamento do carnaval na cidade. ??O município de Pirenópolis, levando em consideração a atual situação causada pela Covid-19, caracterizada como pandemia e em observância às determinações de combate ao vírus, decide pelo cancelamento do carnaval 2021que aconteceria no mês de fevereiro?, diz o documento.

Ainda na última sexta-feira, 29, a prefeitura divulgou também decreto com medidas restritivas para combate à Covid-19. Fica proibida a venda e o consumo de bebidas alcoólicas, em locais de uso público coletivo de 00h às 6h da manhã.

Cidade de Goiás

De acordo com a assessoria da Prefeitura da Cidade de Goiás, neste ano não será realizado nenhum tipo de evento no município durante o feriado de carnaval. O novo decreto publicado pelo município acompanha o documento estadual, de proibição de venda de bebidas alcoólicas após às 22h.

O novo decreto tem validade até o dia 18 de fevereiro. Existe ainda a sugestão do Comitê municipal de enfretamento à Covid-19 para a suspensão do feriado de Carnaval, por não ser um feriado oficial.

Caldas Novas

O prefeito de Caldas Novas, Kleber Marra confirmou que, devido a Lei Seca, não haverá nenhum evento público para comemoração do carnaval na cidade. Porém, as festividades devem ocorrer em outra data na cidade das águas quentes. ??Não teremos nosso tradicional carnaval de Caldas Novas e os moradores e turistas terão que respeitar e cumprir o decreto que acabo de assinar?, enfatizou em live.

O município sancionou na última quarta-feira, 27, a Lei Seca. Com isso a venda e o consumo de bebidas alcoólicas está proibido nos locais de uso público ou coletivo na cidade, das 22h e às 6h. O funcionamento de estabelecimentos, como bares e restaurantes, só vai até à 00h.

Três Ranchos

O secretário municipal da Fazenda e Turismo de Três Ranchos, Agnaldo de Oliveira, explicou ao Jornal Opção que desde janeiro o município vem executando as medidas restritivas já estabelecidas em decreto e que as mesmas valem para o carnaval. Segundo ele, no início de fevereiro será feita uma avaliação sobre a situação para a tomada de uma nova posição.

Por ter pontos turísticos foi necessário bloquear o acesso a prainha e as casas de aluguéis. ??Recebemos muitos turistas, então essas casas do período de 18 de janeiro até o dia 4 de fevereiro, ou seja, duas semanas não estão sendo alugadas para evitar o fluxo de pessoas e eventos. Está proibido esse aluguel até passar essa onda depois vamos ver como irá funcionar?, pontuou Agnaldo.

Goiânia

Na capital, a exemplo do governador Ronaldo Caiado, o prefeito Rogério Cruz anunciou que não haverá folga no feriado de carnaval para os servidores municipais.

Já o cancelamento das festividades deve entrar na pauta em breve. ??A Secretaria Municipal de Saúde informa que o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública para o Novo Coronavírus (Coe-Ncov) vai discutir sobre as estratégias para o carnaval em Goiânia em 2021 nos próximos encontros. No momento, o COE-Ncov concentra forças para discutir medidas para a redução da disseminação da covid-19?, diz nota.


Via Jornal opção