Em Caldas Novas, Polícia Penal evita entrada de monitorados em festival

Policial / 478

Fiscalização resulta na interceptação de preso monitorado por tornozeleira eletrônica

A equipe de policiais penais da 4ª Coordenação Regional Prisional (CRP) interceptou, nesta última sexta-feira (3), um preso monitorado por tornozeleira que descumpriu as medidas judiciais para o regime semiaberto e adentrou a 16ª edição do Caldas Country Festival. A festa aconteceu entre os dias 1 e 4 de novembro. Este foi o único caso de interceptação de preso monitorado durante o festival.

Diante da violação da medida, a equipe do Grupo de Intervenção Tática (GIT) e demais policiais penais da mesma Regional entraram no evento, localizaram o monitorado e o conduziram até a base da Polícia Penal instalada no local, para a adoção das medidas administrativas necessárias. O monitorado foi advertido de que a suposta infração pode gerar a revogação do benefício e consequente regressão de regime.

A base na qual os policiais trabalharam foi instalada no estande destinado às forças da segurança pública, com a colaboração dos organizadores do evento, para que os profissionais pudessem fiscalizar presos que, eventualmente, se aproximassem do festival.

O estande para monitoração foi instalado próximo à catraca de acesso ao show. Os policiais definiram uma área de exclusão com um raio suficiente para detectarem a presença de presos monitorados em torno da entrada. Houve também o apoio de policiais militares, que acompanharam os procedimentos para garantir segurança ao público.

Fonte: Comunicação Setorial da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Foto: Polícia Penal do Estado de Goiás