Agronegócio goiano somou US$ 1,1 bilhão em vendas externas em abril

Economia / 680

Valor representou mais de 85% das exportações do Estado no quarto mês do ano. Complexo soja e carnes lideraram lista de produtos mais comercializados

O agronegócio respondeu por 85,7% das exportações goianas em abril. O total comercializado pelo setor, em valor FOB (Free On Board), foi de US$ 1,1 bilhão. Os números foram divulgados pelo Ministério da Economia, por meio da plataforma Comex Stat, e tratados pela Gerência de inteligência de Mercado/Superintendência de Produção Rural Sustentável da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O complexo soja liderou a lista de produtos mais vendidos pelo agro de Goiás, com US$ 876,5 milhões (79,2%). As carnes vieram na segunda posição. Entre os dez primeiros ficaram também: cereais, farinhas e preparações; couros, produtos de couro e peleteria; complexo sucroalcooleiro; demais produtos de origem animal; café; fibras e produtos têxteis; demais produtos de origem vegetal; e produtos oleaginosos (à exceção da soja).

No quarto mês do ano, o principal cliente do agronegócio goiano foi a China, com US$ 706,2 milhões. A Índia ocupou a segunda posição, com US$ 35,4 milhões, seguida por França, Eslovênia, Vietnã, Tailândia, Alemanha, Estados Unidos, Taiwan (Formosa) e Paquistão. Ao todo, o setor manteve relação comercial com 107 países.

“Estamos crescendo de forma expressiva e consistente. Isso fica claro quando comparamos os dados do primeiro quadrimestre deste ano com o mesmo período do ano passado. De janeiro a abril, exportamos US$ 3,6 bilhões, o que representa 54,9% a mais que no primeiro quadrimestre de 2021”, diz o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça.

Saiba mais

O Comex Stat é um sistema para consulta e extração de dados sobre o comércio exterior brasileiro. Gerenciada pelo Ministério da Economia, a plataforma dispõe de informações a partir de 1997 e é atualizada periodicamente. FOB ou Free On Board (Livre a Bordo) é um parâmetro largamente utilizado em comércio exterior para indicar o valor da carga sem incluir o frete, que fica por conta do comprador. O valor é especificado em nota fiscal. 

Fonte: Comunicação Setorial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – Governo de Goiás