Bombeiros resgatam coruja presa na sacada de um apartamento em Caldas Novas

Caldas Novas / 496

A ave acabou machucando uma das asas após ficar batendo contra o vidro da sacada para se soltar

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), por meio do 9º Batalhão de Caldas Novas, realizou nesta quinta-feira (30), o resgate de uma coruja após a ave ficar presa em uma sacada de um apartamento na cidade de Caldas Novas.

De acordo com os bombeiros, a ave acabou machucando uma das asas após ficar batendo contra o vidro da sacada para se soltar.

Em um vídeo publicado nas redes sociais do 9º Batalhão de Caldas Novas é possível ver o militar realizando o resgate da ave com todo o cuidado para não assustar o animal e constatando que a coruja acabou machucando uma das asas após ficar batendo contra o vidro da sacada para se soltar.

Trata-se de uma coruja-das-torres, também conhecida pelos nomes de coruja-da-igreja, coruja-católica, rasga-mortalha e suindara. A Corujas-das-torres é uma ave naturalmente noturna e, frequentemente, apresenta alguma atividade crepuscular. Corujas-das-torres encontradas em atividade durante o dia estão geralmente famintas ou buscando alimento para sua ninhada.

A Ave foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiro ao Centro de Triagem de Animais Silvestres, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o animal passará por cuidados médicos até ser devolvida à natureza.

Os Centros de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama são unidades responsáveis pelo recebimento de animais silvestres apreendidos, resgatados ou entregues espontaneamente pela população, com vistas à execução de serviços de identificação, marcação, triagem, avaliação, tratamento, recuperação, reabilitação e destinação desses animais, tendo como objetivo maior a devolução deles para a natureza.

Com informações de CBMGO/Mais Goiás
Vídeo: Divulgação/CBMGO