MEGA PROMOÇÕES

NOTÍCIA ANTERIOR

Cachoeira com queda de 96 metros é um verdadeiro paraíso perdido em Goiás

PRÓXIMA NOTÍCIA

Empresário ensina a preparar moqueca de pintado na panela de barro; veja receita

Lava Jato: ex-presidente do BB e da Petrobras é preso pela PF

Portal Caldas 27/07/2017

 
Segundo investigação, Aldemir Bendine usou sua influência para ajudar o grupo Odebrecht nas estatais que comandou, e recebeu por isso
 
A Polícia Federal deflagra na manhã desta quinta-feira a 42ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Cobra. O alvo dessa etapa é o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine, acusado dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ele estava em Sorocaba (SP) e foi preso temporariamente. São cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária no Distrito Federal e nos estados de Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.
 
Bendine foi presidente-executivo da Petrobras de fevereiro de 2015 a maio de 2016, tendo sido indicado para o cargo pela então presidente Dilma Rousseff após a deflagração da Lava Jato. Antes de assumir a petroleira, comandou o Banco do Brasil.
 
De acordo com as investigações, Bendine já havia solicitado pagamento de propina no valor de 17 milhões de reais à Odebrecht na época em que estava à frente do banco para viabilizar a rolagem de dívida de um financiamento da empreiteira, mas o pagamento não foi efetuado, segundo o Ministério Público Federal (MPF).
 
No entanto, às vésperas de assumir a Petrobras, Bendine e seus operadores voltaram a pedir pagamento de propina da empreiteira, que acabou pagando 3 milhões de reais de forma irregular em troca de benefícios dentro da estatal de petróleo, inclusive em relação às consequências da Lava Jato, de acordo com os investigadores.
 
Em nota, a defesa de Aldemir Bendine afirmou que a prisão é “desnecessária”, uma vez que o executivo colabora com as investigações.  “Desde o início das investigações Bendine se colocou à disposição para esclarecer os fatos e juntou seus dados fiscais e bancários ao inquérito, demonstrando a licitude de suas atividades. A cautelar é desnecessária por se tratar de alguém que manifestou sua disposição de depor e colaborar com a justiça”, escreveu o advogado Pierpaolo Bottini.
 
(Com agência Reuters)
 
FONTE:http://veja.abril.com.br/brasil/pf-deflagra-42a-fase-da-operacao-lava-jato/
 

COMENTÁRIOS

Atendimento (64) 3455-6722
E-mail: contato@portalcaldas.com.br
Av. Tiradentes, Qd. 01 - Oeste - Caldas Novas/GO

REDES SOCIAIS

ENTRE EM CONTATO

Entre em contato
Entre em contato
Garanta visibilidade para sua empresa.
Anuncie sua Empresa aqui
Anuncie sua Empresa aqui
Obtenha rentabilidade para sua empresa.
Coberturas Fotográficas
Coberturas Fotográficas
Equipe profissional com melhor preço.
Conheça a empresa
Conheça a empresa
Conheça a empresa em imagens 360º

Compartilhe e Siga

Portal Caldas (64) 3455-6722 - Todos os direitos reservados Grupo Portal Caldas